terça-feira, 30 de agosto de 2016

Heli empilhadeiras, dicas de manutenção.

DICAS DE MANUTENÇÃO PARA SUA EMPILHADEIRA.
PARTE I

POR QUE A LUBRIFICAÇÃO É TÃO IMPORTANTE EM SUA EMPILHADEIRA.

O atrito tem grande influência na vida humana, ora agindo a favor, ora contra. No primeiro caso, por exemplo, o atrito possibilita o simples caminhar. No segundo caso, quando ele age contra, ele provoca grande desgaste especialmente entre duas superfícies sólidas.

As empilhadeiras – especialmente as de motores à combustão – possuem diversas partes móveis. Algumas partes deslizam sobre outras e algumas partes giram dentro de outras (por exemplo mancais).

Por mais que a tecnologia avance, superfícies sólidas nunca são perfeitamente lisas ou planas. Olhando atentamente no microscópio vê-se que as superfícies se parecem mais com cadeias de montanhas. Quando se colocam duas superfícies sólidas em contato uma sobre a outra, tais superfícies estarão em contato nos pontos salientes (ver figura 1 abaixo). Quanto maior for a força juntando as duas superfícies maior será o número de pontos de contato e maior será o atrito.

Ao movimentar uma superfície sobre a outra haverá uma forte resistência e desprendimento interno de calor. Para vencer essa resistência será necessário aplicar mais força e energia para o deslizamento e consequente desprendimento de partículas dos “cumes” das montanhas.

Uma vez que o atrito e o desgaste provêm do contato das superfícies, o melhor método para reduzi-los é manter as superfícies separadas, intercalando-se entre elas uma camada de lubrificante. Isto, fundamentalmente, constitui a lubrificação.

Ou seja, lubrificante é qualquer material que, interposto entre duas superfícies atritantes, reduz o atrito.


Funções dos Lubrificantes

As principais funções dos lubrificantes, nas suas diversas aplicações, são as seguintes:

·         Controle do atrito − transformando o atrito sólido em atrito fluido, evitando assim perda de energia

·         Controle do desgaste − reduzindo ao mínimo o contato entre as superfícies, origem do desgaste

·         Controle da temperatura − absorvendo o calor gerado pelo contato das superfícies (motores, operações de corte etc.)

·         Controle da corrosão − evitando que ação de ácidos destrua os metais

·         Transmissão de força − funcionando como meio hidráulico, transmitindo força com um mínimo de perda (sistemas hidráulicos, por exemplo)

·         Amortecimento de choques − transferindo energia mecânica para energia fluida (como nos amortecedores dos automóveis) e amortecendo o choque dos dentes de engrenagens

·         Remoção de contaminantes − evitando a formação de borras, lacas e vernizes

·         Vedação − impedindo a saída de lubrificantes e a entrada de partículas estranhas (função das graxas), e impedindo a entrada de outros fluidos ou gases (função dos óleos nos cilindros de motores ou compressores)


A falta de lubrificação causa uma série de problemas nas máquinas. Estes problemas podem ser enumerados, conforme a ocorrência, na seguinte seqüência:

·         Aumento do atrito

·         Aumento do desgaste

·         Aquecimento

·         Dilatação das peças

·         Desalinhamento

·         Ruídos

·         Grimpagem

·         Ruptura das peças

·         Película Lubrificante


Para que haja formação de película lubrificante, é necessário que o fluído apresente adesividade, para aderir às superfícies e ser arrastada por elas durante o movimento, e coesividade, para que não haja rompimento da película. A propriedade que reúne a adesividade e a coesividade de um fluido é denominada oleosidade.

A película lubrificante separa as superfícies (figura 2), diminuindo ou eliminando o contato metálico entre elas e portanto reduzindo os valores de atrito e desgaste.

 A Liftcom Comércio de Equipamentos é uma empresa especializada em vendas de empilhadeiras novas e usadas, manutenção de empilhadeiras e venda de peças para empilhadeiras multi marcas.

Saiba mais em WWW.LIFTCOM.COM.BR ou LIFTCOM@LIFTCOM.COM.BR
Tel.: (11) 3729.2822

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Dicas para sua compra de peças Heli.

Selecionamos abaixo alguns itens de desgaste com algumas dicas        para facilitar sua consulta de peças Heli.


VEDAÇÕES

Retentores, o-rings,juntas gaxetas e kits de reparo para cilindros hidráulicos, transmissões e motores originais Heli.

DICAS:

Se a torre de sua empilhadeira Heli é Triplex ( Três estágios ) ela possui um manual exclusivo só para as peças da torre e sua capa é Branca. 
A torre que aparece no manual de peças de capa Azul é de uma torre Duplex ( Dois estágios ).

MOTOR

As empilhadeiras Heli são equipadas com os melhores motores do mundo tais como: Nissan K21, K25, TB 42, Nissan H20, GM VORTEC V6 4.3 L, Kubota, Isuzu 6BG1 e Cummins QSB.
A Liftcom fornece juntas de cabeçote e de tampa de motor, bomba de água e de óleo, válvulas e retentores, anéis de segmento, bronzinas, camisas de cilindro, buchas, correias e selos de motor.

DICAS:

Na falta do numero de série de sua empilhadeira Heli informe o numero de configuração ( configuration number ) que se encontra na plaqueta de identificação da máquina.


SISTEMA HIDRÁULICO

Bombas e comandos hidráulicosm válvulas divisoras de fluxo, mangueiras e conexões hidráulicas para Empilhadeiras Heli, Goodsense, Maximal, TCM e multimarcas.

DICAS:

Se você não dispõe do numero de código da peça, nem o numero de série da máquina, procure fornecer sempre o máximo de informações sobre sua empilhadeira: o modelo, a marca do motor e o ano de fabricação de seu equipamento. Você pode também enviar fotos para facilitar a identificação da peça para sua empilhadeira.


SISTEMA DE GLP

A Liftcom é representante autorizado Rodagás. Dispomos de redutores de GLP, eletroválvulas, suporte de P20, chaves comutadoras e kits de reparos para Senior 3 e Impco Cobra e J.

DICAS:

A maior parte das empilhadeiras Heli CPQD com motor Nissan usam redutor de Gás Rodagás Senior III, mas , os modelos CPYD usam redutor importado. A Liftcom é distribuidor autorizado Rodagás e dispõe de Kits completos para troca do sistema importado pelo Nacional.


PRECISANDO DE AJUDA É SÓ NOS CONSULTAR:

TEL.: (11) 3729.2822 OU
NOS ENVIE UM E-MAIL COM SUA DÚVIDA PARA:
LIFTCOM@LIFTCOM.COM.BR







quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Peças para empilhadeiras Heli

A Liftcom Equipamentos possui em seu estoque uma grande quantidade de itens de peças para reposição de empilhadeiras.
Trabalhamos com peças para empilhadeiras Still,  empilhadeiras Goodsense, empilhadeiras Maximal, empilhadeiras Heli, empilhadeiras Feller, empilhadeiras CHL, empilhadeiras Hangcha, empilhadeiras Lonking, empilhadeira Huahe, empilhadeiras Baoli, empilhadeiras Logg , entre outras.
Mesmo que você não saiba o código da peça que precisa, entre em contato com a Liftcom Equipamentos que um de nossos especialistas irá orientá-lo para que você não compre a peça errada.

Ligue para: (11) 3729.2822 ou envie sua solicitação para LIFTCOM@LIFTCOM.COM.BR

Além de peças para empilhadeiras, trabalhamos com peças para motores:

NISSAN    SD22
NISSAN    SD25
NISSAN    SD33T
NISSAN    J15
NISSAN    H20
NISSAN    D11
NISSAN    Z24
NISSAN    A15
NISSAN    A12
NISSAN    H25
NISSAN    TD27
NISSAN    BD30
NISSAN    H15
NISSAN    TD42
NISSAN    TB42
NISSAN    H30
NISSAN    P40
NISSAN    K21
NISSAN    K25
PERKINS    4.236
PERKINS    4.203
PERKINS    4.2482
PERKINS    4.108
PERKINS    6.354
PERKINS    6.3544
PERKINS    1004.4
PERKINS    903-27
PERKINS    4.203.2
PERKINS    D3.152
PERKINS    1006.6
PERKINS    1104D-44TA
TOYOTA    3P
TOYOTA    4P
TOYOTA    1Z
TOYOTA    5R
TOYOTA    5P
TOYOTA    2J
TOYOTA    4Y
TOYOTA    5K
TOYOTA    1DZ
TOYOTA    11Z
TOYOTA    2H
TOYOTA    H
TOYOTA    V1502
TOYOTA    VT1502
TOYOTA    V1512
TOYOTA    2Z
TOYOTA    V1512T
TOYOTA    F
TOYOTA    2F
TOYOTA    3F
TOYOTA    12Z
TOYOTA    14Z
TOYOTA    13Z
VOLVO    TD61 AW
VOLVO    TD71 AW
VOLVO    TD100G
XINCHAI    490
XINCHAI    498
WANFENG    
CATERPILLAR    1404
CONTINENTAL    F135
CONTINENTAL    F163
CONTINENTAL    F227
CONTINENTAL    F245
CONTINENTAL    G193
CONTINENTAL    Y112
CONTINENTAL    TM20
CONTINENTAL    TM27
CONTINENTAL    TMD27
CUMMINS     QSB 4.5
CUMMINS     QSB 5.9
GM    4181
GM    4153
GM    6250
GM    V6-4,3
GM     Vortec V6
GM     Vortec 4.3
GM     Vortec 3.0
GM     Vortec 2.4
ISUZU    C240
ISUZU    C221
ISUZU    4FA1
ISUZU    4FE1
ISUZU    DA220
ISUZU    4JB1
ISUZU    G201
ISUZU    4JG2
ISUZU    6BG1
KOMATSU    4D95
KOMATSU    6D95
KOMATSU    4D94E
KOMATSU    6D105-1
KUBOTA    V1502
KUBOTA    VT1502
KUBOTA    V2403
KUBOTA    V3300
KUBOTA    V3600
MAZDA    XA
MAZDA    VA
MAZDA    UA
MAZDA    FE
MAZDA    HA
MAZDA    ZB
MAZDA    F2
MAZDA    TM
MITSUBISHI    4DQ5(0)
MITSUBISHI    S4E
MITSUBISHI    S4E2
MITSUBISHI    S6E
MITSUBISHI    S6E2
MITSUBISHI    4G33
MITSUBISHI    4G52
MITSUBISHI    4G53
MITSUBISHI    4G54
MITSUBISHI    S4S
MITSUBISHI    4G63
MITSUBISHI    4G64
MITSUBISHI    KE42
MITSUBISHI    4G15
MITSUBISHI    4G41
MITSUBISHI    6G72
MITSUBISHI    KE46
MITSUBISHI    S4Q2
MITSUBISHI    S4Q7
MITSUBISHI    S6S
MITSUBISHI    S6K

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Manutenção de empilhadeiras

A Liftcom Comercio de empilhadeiras novas e usadas, peças e manutenção de empilhadeiras passa para você algumas dicas úteis para auxiliá-lo em seu dia a dia com sua empilhadeira.

Pequenas inspeções previnem que você venha a ter problemas maiores com sua empilhadeira.

Anote e faça um check list diário em sua empilhadeira.

Dicas de manutenção para sua empilhadeira:

  • ·         Verifique constantemente o nível de combustível de sua empilhadeira, evite trabalhar com o nível baixo, tanto empilhadeiras a Diesel como empilhadeiras movidas a GLP, para que sujeiras não se acumulem prejudicando assim o sistema de alimentação;

  • ·         Verifique o nível de óleo do motor, lembre-se que a falta de óleo é extremamente prejudicial à vida de seu motor, complete sempre que necessário e faça as trocas seguindo a orientação do fabricante;

  • ·         Verifique também o nível do fluido do radiador, o motor de sua empilhadeira deve trabalhar sempre com o indicador de temperatura na metade. Caso o motor de sua empilhadeira aqueça pare imediatamente o equipamento, espere esfriar, verifique o nível do fluido caso esteja baixo complete pelo radiador e não pelo tanque de expansão se o problema persistir procure uma assistência técnica;

  • ·         Verifique também o nível do óleo do Hidráulico, geralmente os tanques tem capacidade de aproximadamente 40 litros;

  • ·         O nível do óleo da transmissão também deve ser checado regularmente, pois a falta do óleo vai prejudicar totalmente o desempenho de sua empilhadeira. Lembre-se que um serviço de transmissão tem um custo elevado;

  • ·         O nível do óleo do diferencial também requer sua atenção, verifique regularmente;

  • ·         O nível do óleo do freio é fácil de visualizar e de suma importância para segurança de sua operação;

  • ·         Não menos importante verifique sempre as luzes de advertência no painel de sua empilhadeira, verifique também buzina, alarme de ré, lâmpadas e lanternas;

  • ·         Por final sugerimos que você verifique em sua empilhadeira o filtro de ar do motor, parece uma bobeira, mas o filtro obstruído faz sua empilhadeira aquecer trazendo sérios riscos ao motor de sua empilhadeira;


A Liftcom Comércio de peças e manutenção de empilhadeiras traz mais informações em: http://www.liftcom.com.br/#!dicas/c1sfv

Se precisar ligue para (11) 3729.2822 e fale diretamente com um de nossos consultores ou por e-mail: LIFTCOM@LIFTCOM.COM.BR



Manutenção de empilhadeira

A Liftcom Comercio de empilhadeiras novas e usadas, peças e manutenção de empilhadeiras passa para você algumas dicas úteis para auxiliá-lo em seu dia a dia com sua empilhadeira.

Pequenas inspeções previnem que você venha a ter problemas maiores com sua empilhadeira.

Anote e faça um check list diário em sua empilhadeira.

Dicas de manutenção para sua empilhadeira:

  • ·         Verifique constantemente o nível de combustível de sua empilhadeira, evite trabalhar com o nível baixo, tanto empilhadeiras a Diesel como empilhadeiras movidas a GLP, para que sujeiras não se acumulem prejudicando assim o sistema de alimentação;

  • ·         Verifique o nível de óleo do motor, lembre-se que a falta de óleo é extremamente prejudicial à vida de seu motor, complete sempre que necessário e faça as trocas seguindo a orientação do fabricante;

  • ·         Verifique também o nível do fluido do radiador, o motor de sua empilhadeira deve trabalhar sempre com o indicador de temperatura na metade. Caso o motor de sua empilhadeira aqueça pare imediatamente o equipamento, espere esfriar, verifique o nível do fluido caso esteja baixo complete pelo radiador e não pelo tanque de expansão se o problema persistir procure uma assistência técnica;

  • ·         Verifique também o nível do óleo do Hidráulico, geralmente os tanques tem capacidade de aproximadamente 40 litros;

  • ·         O nível do óleo da transmissão também deve ser checado regularmente, pois a falta do óleo vai prejudicar totalmente o desempenho de sua empilhadeira. Lembre-se que um serviço de transmissão tem um custo elevado;

  • ·         O nível do óleo do diferencial também requer sua atenção, verifique regularmente;

  • ·         O nível do óleo do freio é fácil de visualizar e de suma importância para segurança de sua operação;

  • ·         Não menos importante verifique sempre as luzes de advertência no painel de sua empilhadeira, verifique também buzina, alarme de ré, lâmpadas e lanternas;

  • ·         Por final sugerimos que você verifique em sua empilhadeira o filtro de ar do motor, parece uma bobeira, mas o filtro obstruído faz sua empilhadeira aquecer trazendo sérios riscos ao motor de sua empilhadeira;


A Liftcom Comércio de peças e manutenção de empilhadeiras traz mais informações em: http://www.liftcom.com.br/#!dicas/c1sfv

Se precisar ligue para (11) 3729.2822 e fale diretamente com um de nossos consultores ou por e-mail: LIFTCOM@LIFTCOM.COM.BR